Notícia

Boteco Behaviorista

Dia 2 de Outubro, às 19:30, o Boteco Behaviorista desembarca na PUC-SP, para a abertura do 9° EAC!!

César Rocha e Felipe Epaminondas receberão Diego Zilio, Luana Flor e Maria Amália Andery no painel. O assunto? Confiram:

O sujeito ético e político na Análise do Comportamento

Para uma coletânea intitulada “B. F. Skinner: consenso e controvérsia”, organizada por Sohan e Celia Modgil, Skinner escreveu num breve prólogo: “em que sentido meu trabalho é controverso? (...) Eu não vejo nada controverso sobre ele”. Contrariando essa avaliação, há décadas pesquisadores têm explorado, a partir do texto de Skinner, uma variedade de interpretações possíveis, por vezes conflitantes, sobre os compromissos filosóficos da análise do comportamento. Positivismo vs. pragmatismo, mecanicismo vs. contextualismo, determinismo vs. indeterminismo, prescritivismo vs. descritivismo são exemplos de tensões centrais, e motivos de dissenso entre analistas do comportamento. Embora pretensamente incontroverso, o discurso skinnneriano não é invulnerável à hermenêutica, de tal modo que parece ser impossível elaborar uma “versão áurea”, oficial, acerca de suas afinidades filosóficas. Dado que o objetivo do Boteco Behaviorista é promover uma divulgação científica que fuja à simplificação e ao lugar-comum, essa edição propõe uma conversa franca sobre questões polêmicas e mal-resolvidas, um bom papo de boteco sobre pelo menos três tópicos que, não raro, são varridos para baixo do tapete behaviorista. O primeiro diz respeito à visão de homem: afinal, haveria um lugar para a noção de sujeito na análise do comportamento? Seria o homem, de um ponto de vista skinneriano, nada mais que um objeto, refém de seu ambiente? O segundo tópico se refere à perspectiva analítico-comportamental sobre ética e moralidade: será que a teoria moral de Skinner, que prescreve a sobrevivência da cultura como valor capital, é consequência necessária de seu discurso sobre a ciência? Finalmente, como pensar questões políticas de um ponto de vista behaviorista radical? Skinner se posicionou sobre temas políticos algumas vezes, mas seu posicionamento não esgota as possibilidades de interface entre a análise do comportamento e filosofia política. Enfim, quem é o sujeito político na análise do comportamento?

Notícias

Portal Comporte-se - Psicologia e Análise do Comportamento

O Comporte-se é o principal blog de Análise do Comportamento no Brasil, e contribui com a difusão da Análise do Comportamento, Neurociências e Psicologia Cognitivo-Comportamental no Brasil, divulgando material de…

Boteco Behaviorista

Encontro de behavioristas radicais transmitido e gravado ao vivo, com objetivo de discutir temas diversos relacionados à Análise do Comportamento de forma informal e descontraída. http://www.botecobehaviorista.com

Siga o IGAC

Contato

INFORMAÇÕES: (62) 3223-9896

CURSO / CLÍNICA: (62) 3223-9896

ENDEREÇO: Rua 24 esquina com rua 15, n. 695, Setor Marista

E-MAIL: igacgoiania@gmail.com